Arquivo da tag: Stuttgart

Die Kleiderständer

Padrão

Linda e consciente atitude, presente também aqui no Brasil.

dir ist kalt.jpg

http://www.spiegel.de/panorama/stuttgarter-kleiderstaender-dir-ist-kalt-nimm-etwas-warmes-a-1130169.html

Anúncios

Kulturelle Gewohnheiten – 9

Padrão

Carona? Hummm ….

Kultur

 

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2010/05/estrangeiros-listam-dez-exemplos-que-o-brasil-poderia-exportar-2898352.html?utm_source=Redes+Sociais

9 – Esse esquema de carona que os estrangeiros citam no link acima realmente eu não vi muito por lá não. Exceto entre amigos brasileiros, mas também nem tanto assim, já que pouquíssimos de nós possuía um carro. Simplesmente não havia necessidade. Fazíamos tudo a pé, de bicicleta, de bonde, trem, metrô …

Mas conheci o esquema de carona improvisada (dessas que você se posta em alguma calçada e usa o dedão e a cara de pau, sabe?), dentro da cidade de Tübingen mesmo, e também entre cidades. Neste caso ficávamos na saída da cidade pedindo carona aos que já estavam a caminho de, por exemplo, Stuttgart. Dentro de Tübingen nunca passei por nenhum incidente, porém, em duas oportunidades em que pedi carona para Stuttgart, vivenciei coisas diferentes …

Numa das vezes eu estava sozinha e entrei num carro em que o motorista logo se mostrou bastante desagradável através de indiretas sobre o meu corpo e até tentando colocar a mão na minha perna. Que sufoco! Fiquei muito assustada achando que não conseguiria sair ilesa dessa, até que, muito nervosa, pedi que parasse o carro senão eu saltaria. Saí correndo, tão transtornada que nem pensei em pegar a placa do carro e fazer uma queixa na delegacia. Teria sido o ideal, porque o motorista com certeza teria sido pego e devidamente punido.

Numa outra oportunidade, pegamos carona em três para Stuttgart. Nesse caso, o motorista corria tanto, mas tanto, que a minha amiga roeu todas as unhas das duas mãos durante o trajeto. Eu, sentada na frente, adorei a aventura!