Arquivo da tag: estranhamento

Ohne Drehkreuze

Padrão

Claro! Não me lembrava mais! Mas esse foi mais um dos estranhamentos nas primeiras vezes que andei de ônibus e de bonde na Alemanha. Sem catracas! A gente sente que tá faltando alguma coisa quando entra e … pode ir direto pelo corredor, sentar … nossa, que sensação legal =D

Mas foi vendo este vídeo que me lembrei dos meus primeiros episódios em transporte público lá.

E até uma grande aventura eu vivi numa das primeiras vezes que entrei num bonde … já leu essa historinha? Se já, relembre. Se não, dê uma olhada no post abaixo (“Die Narbe”):

https://frausantana.wordpress.com/?s=die+narbe

 

Auf der Straße

Padrão

São tantos os estranhamentos quando se vive num outro país, numa outra cultura … às vezes eles duram bastante, às vezes a gente se acostuma rapidinho com eles … mas também há os estranhamentos, muitos, que se transformam em “encantamentos”, após um período de reflexão sobre aquela coisa/aquele comportamento tão diferente do nosso! Isso é muito bacana …

Um desses estranhamentos eu vivi simplesmente caminhando pelas ruas de Tübingen. Fui notando, dia após dia, que nenhum homem olhava pra mim nas ruas. Não olhava, não comentava … que coisa mais estranha! Eu estava (infelizmente) acostumada com a abordagem masculina quando andava pelas ruas da minha cidade, desde criança … e como isso era, no mínimo,  desagradável! Quem é mulher, sabe do que estou falando. Causava insegurança, medo, raiva, desconforto, só sentimentos ruins.

Esse foi um exemplo de estranhamento, digamos, positivo. Ninguém, durante os 6 anos que vivi lá, me abordou de maneira desrespeitosa nas ruas. Nenhum homem me olhou  de forma constrangedora, nenhum assobiou ou fez algum comentário. Isso é uma das coisas que mais me encantou lá. Caminhar sossegada pelas ruas, à hora que eu quisesse (até de madrugada), sem ser incomodada por ninguém. Não tem preço!

fussgänger in tübingen