Endlich

Padrão

Finalmente chegara o dia de tirar o gesso. Que alívio seria tirar aquele peso!

Apreensiva cheguei ao hospital levada de carro por um amigo, que ficou me esperando. Entrei na sala, sentei na maca e quase morri de pavor ao ver aquela serra cortando o gesso, achando que aquilo se transformaria num filme de terror, em que a serra continua e corta a perna ao meio. Credoooo!

Claro que isso não aconteceu. Assim que a enfermeira tirou o gesso, o que vi foi uma perna bem fininha, músculos muito atrofiados. Quando levantei a perna pra sair da maca, quase caí para trás, de tão leve que ela ficou de repente.

A sensação de caminhar sem as muletas era a de uma criança reaprendendo a andar: faltava o jeito, a ginga, o equilíbrio, o foco. Que sensação mais estranha!

Era inverno. Fazia muito frio. E um perigo maior me esperava lá fora: o gelo.

tirando-o-gesso

 

Ein langweiliges Leben

Padrão

Bom, continuando a novela … não era todo dia (mesmo) que eu me encorajava a sair pra passear. Como já contei, tinha todo o trabalho de me vestir com aquela perna engessada, descer as escadas do prédio de muletas (principalmente os primeiros degraus da parte mais antiga, de madeira e tal). Por isso a minha vidinha de convalescente era bem monótona: dormir, ler, comer … só ficava mais animada quando um grupo de amigos chegava pra bater papo e contar os últimos babados. =D

Mas um dia pelo menos a comida foi bem especial! Uma das minhas irmãs estava passando um tempo na Alemanha, e num dos dias em que me visitou, fez um arroz ao forno que … nossa … sem palavras! Até hoje lembro desse dia, do arroz, desse mimo!

arroz-ao-forno

Nachrichten

Padrão

Essa notícia parece uma coisa, mas é outra  (pelo menos foi assim comigo) …

verpackungen

http://thegreenestpost.bol.uol.com.br/alemanha-acabara-com-prazos-de-validade-de-alimentos-embalados-para-reduzir-desperdicio-de-alimento/

Ich lebe noch =D

Padrão

Pois é, liebe Freunde/Freundinnen/Leser/Leserinnen, faz muito muito tempo que não posto nada de novo … é que 2016 foi um ano tão novo pra mim, com tantas mudanças seja no nível profissional como no pessoal, que faltou tempo e tranquilidade para rechear o blog.

Prometo (olha aí as promessas pro ano novo =D) continuar a escrever a novela da minha vida na Alemanha e a postar notícias, novidades, músicas, enfim, informações de todo tipo sobre as terras germânicas. Ich verspreche es Euch! Wirklich!

E, como não poderia esquecer, quero desejar a todos/todas um ótimo escorregão e muito porco em 2017! (Dá pra imaginar minha cara no meu primeiro revéillon alemão ouvindo essas expressões pela primeira vez? Kkk)

silvesterwunsch

 

Vor 27 Jahren

Padrão

Há 27 anos eu assistia a essas e outras cenas na televisão da minha casa em Mannheim. Uau, que emoção! Tenho as lembranças desse episódio histórico bem vivas na memória!

berliner-mauer

“Caiu! Há 27 anos, a Alemanha vivia a queda do Muro de Berlim, um dos maiores símbolos da Guerra Fria. Naquele 9 de novembro de 1989, o porta-voz da Alemanha Oriental, Günter Schabowski, disse em entrevista que o governo permitiria a passagem pra o lado Ocidental a partir daquele momento. O êxtase foi tamanho que os moradores do leste correram para o muro com pás e martelos para derrubar a fronteira. Do outro lado, seus amigos ocidentais aguardavam, ansiosos, para festejar o reencontro com seus irmãos alemães.”

(Consulado Geral da Alemanha São Paulo)

Die Gestik – eine andere Sprache

Padrão

Sim! Além dos gestos que citei no post abaixo, há outros com interpretações variadas mundo afora. Veja os links!

gestik

https://frausantana.wordpress.com/?s=die+gestik

http://www.dw.com/pt-br/cuidado-com-os-gestos/g-36147323