Arquivo mensal: julho 2013

Der – die – das

Padrão

Os artigos no alemão

Ah, benditas (malditas?) palavrinhas essas … os artigos em alemão! Pra começar, são 3: der (masculino), die (feminino) e das (neutro). “Ah, então tá, é só pensar no português e passar pro alemão, né? E o neutro deve ser como no inglês.” Nein, nein, nein! Não é bem assim. Não existe nenhuma relação totalmente lógica entre o português e o alemão, Existem, sim, algumas dicas que ajudam a decorar e/ou relacionar os artigos a algumas palavras. Fora isso, sorry … tem que decorar mesmo.

Aí a gente se mata de aprender os artigos, chega na Alemanha (Owingen, de novo) e ouve todo mundo dizendo “dã Butter”, “dã Tisch”, “dã Kind” ( o correto seria “die Butter”, “der Tisch”, “das Kind”). É o dialeto, lembra que eu falei sobre ele? O “Schwäbisch”? Pois é. Fazer o quê.

Deu pra entender agora por que os alemães, quando falam português, dizem “o mesa”? Em alemão mesa é masculino (“der Tisch”)! Outros exemplos: “o caneta” – “der Kuli; “o cadeira” – “der Stuhl; “o lua” – “der Mond”; “a sol” – “die Sonne”, e por aí vai.

Ah, esse alemão …

der die das

Anúncios

Die Wettervorhersage

Padrão

Pois é, a previsão do tempo acertou mesmo. Lembra daquele post falando da previsão de altas temperaturas na Alemanha? Olha aí a notícia do último final de semana! Teve até chuva de granizo em Tübingen (cidade do meu coração! Também morei lá … conto mais em futuros posts)!

http://www.dw.de/alemanha-registra-fim-de-semana-mais-quente-do-ano/a-16981716

Mais um artigo sobre o assunto:

http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/,9bab4d8ebd520410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

Das Frühstück

Padrão


Brote

Como não podia deixar de ser, hoje, domingo, eu tinha que falar do café da manhã! Que, como mencionei num post anterior, é super especial aos domingos na Alemanha. Já contei sobre o “Sektorange”, lembra? Hoje vou falar um pouquinho dos pães.

Ah, que pães maravilhosos existem lá! Todos, sem exceção, deliciosos. Mais de 2000 tipos diferentes para todos os gostos. Consistentes, saborosos e, acima de tudo, saudáveis! Dá até pra comê-los puros, mas também não faltam complementos. Em primeiro lugar, uma camada de manteiga e, a partir daí, pode-se acrescentar queijo, presunto , salame, mel, geleia, Nutella (!) … aliás, os frios alemães também são um capítulo a parte (aguarde post …).

Anote aí alguns nomes de pães: Roggenbrot, Vollkornbrot, Sonnenblumenkernbrot (nome comprido pra pão de semente de girassol, né? Mas repare que a descrição do pão em português tem mais letras que a palavra comprida em alemão! Só que no alemão fica tudo juntinho e isso assusta muita gente …), Mehrkornbrot, Kürbiskernbrot … os pãezinhos Sesambrötchen, Weizenbrötchen, Mohnbrötchen, Laugenbrötchen, Brezel … É importante ressaltar que há muitas variantes regionais com relação aos nomes e aos tipos de pães, ok? Esses são os que conheci nas regiões em que morei.

Aqui vão alguns dos meus prediletos. Você já conhece? Sabe o nome deles?

laugenbrötchen                                                                      brezel

Die Rechnung, bitte!

Padrão

“A conta, por favor!”. Pois é, no post anterior fui a uma pizzaria e descobri as pizzas “alemãs”. Me deliciei com aquela mega pizza tamanho gigante só pra mim, mas … e na hora de pagar? Como é que faz? Uma conta dividida pelo número de pessoas ou como vai ser? Mais uma descoberta: o verbo “einladen”, que significa “convidar”. Eis que ouço umas das companheiras de pizza me dizer: “Ich lade dich ein!”. Ah tá, legal, você está me convidando. “Mas pra quê?”, pensei e perguntei. “Nein, du musst nichts zahlen, ich lade dich ein!”. Aaahhh, acho que entendi. Se ela diz que está me convidando, (“Ich lade dich ein”), isso deve significar “Deixa que eu pago a sua parte!”. Toll!

ich lade dich ein

Die erste Pizza

Padrão

Ah, a primeira pizza … até isso foi diferente lá! Aconteceu num restaurante em … Owingen, é claro (vocês já sabiam, né?)! Muitas pessoas na mesa, todos escolhendo a sua pizza, mas cada um querendo um sabor diferente, que que é isso? Esse povo tem que entrar num acordo! Nada disso, cada um escolheu a sua (inclusive eu, que acabei dizendo qual a minha predileta, mesmo sem entender a dinâmica que ocorria ali), e eu só fui entender quando a pizza, aliás, todas as pizzas chegaram. Cada pizza num prato! Pois é, era um pizza individual que eu nunca tinha visto (não existia Pizza Hut no Brasil na época). Qual não foi a minha felicidade, uma pizza daquele tamanho só pra mim! Uhuuu!

E como hoje é dia de pizza, vou deixar algumas fotos e um link com o cardápio da Pizza Hut (em alemão, claro) para abrir o apetite de vocês.

pizza 1

pizza 2

http://www.pizzahut.de/fileadmin/data/stores/speisekarten/PizzaHut-Speisekarte.pdf

Guten Appetit!

Der Karneval (auch Fasching)

Padrão

Hallo, Leute!

Esse frio todo me fez lembrar do meu primeiro … carnaval na Alemanha! Sim, porque lá faz o maior frio na época do carnaval. Já tinha comentado num post anterior que falaria um pouco sobre o impacto que tive ao conhecê-lo. Impacto? Pois é, o carnaval alemão é tããão diferente do nosso! Porém, tem a mesma função de “escape” do cotidiano.

Fevereiro/87. Sou convidada a ir ao clube da cidade (Owingen, vocês se lembram?) para participar das comemorações carnavalescas. Claro! Estava muito curiosa pra saber como os alemães passavam o carnaval. Lá fui eu com algumas moças da cidade e seus amigos (ou seriam namorados? Fica pra próxima comentar a palavra “Freund”.), que eu tinha conhecido havia uns dias. Mas … a gente tinha que se fantasiar. Do quê? Como? Ora, era só vestir alguma roupa estranha, passar uma maquiagem que você mesmo inventasse … nossa, que coisa confusa pra mim. Enfim, deixei que elas me “enfeitassem” (uma camisa rasgada, pintura na cara) e  fomos ao clube.

Entro. Vejo mesas compridas, enormes, cheias de gente comendo, bebendo e falando sem parar. No palco, uma pequena orquestra tocando músicas que me lembravam um baile da terceira idade. Mein Gott … nos sentamos e eu só observava atentamente tudo o que acontecia. Pouco depois, um homem com um chapéu de pontas sobe ao palco, diz algumas frases, e todos caem na gargalhada (menos eu, né? O homem falava tudo em dialeto.) Perguntei o que era tudo aquilo, o homem falando, as pessoas rindo … o carnaval é um oportunidade das pessoas contarem piadas sobre os políticos, celebridades, fazerem trocadilhos … e como piadas são impregnadas de pressupostos e expectativas marcadas culturalmente, óbvio que eu não tinha a mínima condição de entender o que se passava (fora a dificuldade com o dialeto, que tornava qualquer vislumbre de entendimento de uma fala qualquer algo muito distante da minha capacidade cognitiva). Mais tarde, vejo pessoas dançando em duplas (aquelas músicas que citei). Eu disse duplas, não necessariamente casais. Dois homens, duas mulheres, adulto e criança, duas crianças, etc.

Também tive a oportunidade de assistir a um desfile carnavalesco. Não tão grande quanto esses das fotos, pois foi numa cidadezinha próxima de Owingen. Pessoas fantasiadas, sendo algumas com uma fantasia única, outras em pequenos grupos com a mesma fantasia. Mas todos muito bem agasalhados, alegres … bonito de ver! Muito colorido, como vocês podem ver nas fotos:

karneval

karneval 2

karneval 3

karneval 4

Heiß in Deutschland, eiskalt in Brasilien!

Padrão

Kaum zu glauben! Quase não dá pra acreditar! Vejam a notícia sobre as temperaturas na Alemanha esta semana. Vão chegar aos 37 graus! Ai, eu queroooo!

 super sol

http://www.n24.de/n24/Nachrichten/Panorama/d/3230724/am-wochenende-bis-zu-37-grad.html